True fakes / Falsificações verdadeiras


Elmyr de Hory in Orson Welles’ film F for Fake
Elmyr de Hory no filme de Orson Welles, Verdades e Mentiras

There are lots of fake things we think are true. And true things we think are fake. But what if something can be true and fake at the same time? That is, having as much from one and other? We could say that in a true always hides a lie, and vice-versa. But that’s not exactly what I want to talk about, and I’ll explain it:

Elmyr de Hory was an aclaimed art forger. It seems that the words aclaimed and forger don’t make much sense together, but that’s not so, at least in this case. That because Elmyr didn’t only reproduced existing works of art, but created original ones, author’s works of art. He was able to imitate the style of aclaimed authors (such as Picasso, Matisse, Modigliani and Renoir) and from there he generated new paintings, that easily passed as originals. So easily that many of his works were (or still are) exposed in art galeries and museums. Only after his dead he has achieved fame, being his “originals” worthing a good amount of cash (something that didn’t happened before, painting to survive).

Now think how easy it is to imitate a certain author and sign in his turn. There were produced new contents, that even might be true, but the lie still exists in the name. And however, the work has gained a new prominence only with that little change, that isn’t more than half a dozen words.

Try to sign as Mafalda Sequeira. The feedback you’ll get won’t be the same as with you own name. The anonymity and the unknown still arouse suspicion on society, that prefers to rely blindly in a name that in a content that makes sense. That’s why when we consult a thesis’ (or a book) bibliography we find a list of author’s names, in the foreground, often associated to print contents. That’s because in the web anonymity still rules.

Elmyr de Hory in Wikipedia

/

Há muita coisa que é falsa mas que temos por verdadeira. E coisas que são verdadeiras mas que temos por falsas. Mas e se algo poder ser falso mas verdadeiro ao mesmo tempo? Isto é, ter tanto de um como do outro? Poderíamos dizer que existe sempre um quê de verdade numa mentira, e vice-versa. Mas não é bem a isso que me estou a referir, pelo que passo a explicar:

Elmyr de Hory foi um aclamado falsificador de arte. Parece que as palavras aclamado e falsificador não fazem muito sentido juntas, mas assim não o é, pelo menos neste caso. Isto porque Elmyr não se limitava a reproduzir obras de arte já existentes, ele criava originais de autor, peças de arte únicas. Conseguia reproduzir o estilo de pintores aclamados (mais particularmente de Picasso, Matisse, Modigliani e Renoir) e a partir daí gerava novas pinturas, que muito facilmente passavam por originais. Tão facilmente que muitas das suas obras estiveram (ou ainda estão) expostas em galerias e museus de arte. Só após a sua morte conseguiu atingir a fama, ficando os “seus” originais a valer uma boa quantia (algo que não acontecia antes, pintando para sobreviver).

Pense-se agora o quão fácil é imitar um determinado autor e assinar na vez dele. Foram produzidos conteúdos novos, que até podem ser verdadeiros, mas a mentira reside no nome. E no entanto a obra ganhou uma nova notoriedade apenas com essa pequena alteração, que mais não é que meia-dúzia de palavrinhas.

Experimentem assinar como Mafalda Sequeira. As respostas que receberão não serão as mesmas que com o vosso próprio nome. O anonimato e o desconhecido continuam a suscitar desconfiança na sociedade, que prefere confiar cegamente num nome e não num conteúdo que faça sentido. É por isso que quando consultamos uma bibliografia de uma tese qualquer (ou um livro!) encontramos uma lista de nomes de autor, em primeiro plano, associados a conteúdos que provém muitas vezes do impresso. Isto porque na web o anonimato prolifera.

Elmyr de Hory na Wikipédia [inglês]

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s