Medicina Tropical

E no seguimento do post anterior, cá vai mais um pequeno conto do Mário-Henrique Leiria, Medicina Tropical, publicado no livro Contos do Gin-Tonic, de 1973 – plena era da ditadura, portanto. Do livro, gosto especialmente das críticas meio camufladas por uma boa camada de nonsense e humor à mistura.

– – – – – – – – – – – – – – – –

Medicina Tropical

O calor era alucinante. A chuva caía pesada, num jogo de massacre.
Sentiu que tinha uma tremenda dor de cabeça. Dirigiu-se ao posto clínico.

—Isso é coisa sem importância – disse o médico. – Tome estes comprimidos – deu-lhe três.
Tomou.
O calor continuava, sólido e exacto. A chuva também, persistente.
A dor de cabeça estava aumentar. Voltou ao posto clínico.
—Vamos já tratar disso – afirmou o médico. – Ora vire-se para lá.
Virou-se.
O médico proporcionou-lhe quatro supositórios.
O calor ainda; e a chuva. Sempre.
A dor de cabeça a estoirá-lo. retornou ao posto clínico.
—Vai ver que fica bom – explicou o médico. – Ora abra a boca.
Abriu.
O médico extraiu-lhe imediatamente dois molares e um canino.
O calor estava realmente alucinante. A chuva era espaço líquido.
A dor de cabeça a invadir-lhe o corpo todo. Foi ao posto clínico. Uma vez mais.
—Então como vai isso? – perguntou o médico.
Puxou o facão e espetou-o, preocupado e consciente, através do médico.
Resultou.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s