Gostos: discutem-se!

Andava a “folhear” pelas imagens que tinha no telemóvel, e encontrei uma que tirei numa das conferências do Mário Moura na Culturgest, com uma citação que achei interessante:

Ao contrário, pois, do que se costuma dizer e pensar – ou do que se costuma dizer precisamente para não pensar – o gosto é o que há de mais discutível. Gostamos daquilo de que todos gostamos, o que nos mostra que o gosto nos é dado pelo ambiente, pelas conversas com os amigos, pelo que ouvimos dizer, pelo que lemos nos jornais, pelo que aprendemos na escola, etc.

Eu acrescentaria: o gosto e não só. Toda a nossa cultura é influenciada por referências exteriores. Afinal de contas, não vivemos sozinhos. Não podemos conhecer aquilo a que ninguém nos “apresentou” (ou se “auto-apresentou”).

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s