Category Archives: Mentiras / Lies

A credibilidade de um email

spam

Recebi há uns dias um email com a seguinte informação:

Assunto: Pedido de divulgação muito urgente

“Há pessoas que têm estado a receber chamadas de +375602605281 e +37127913091 ou qualquer número começando com o código 375 ou 371.
Ligam e desligam, deixando uma mensagem de chamada perdida. Se ligarem de volta a um desses números serão cobrados € 15 ou € 30 e podem copiar a lista de contactos em 3 Seg.

Se tiverem informações bancárias ou de cartões de crédito no telefone, eles podem copiar também. 375 é da Bielorrússia e Afeganistão e 371 é o código do país para a Letónia

Não responda nem ligue de volta.

PEDIA A MAIOR ATENÇÃO PARA ESTA INFORMAÇÃO E A PARTILHA DESTA MSG COM OS COLABORADORES DA VOSSA AUTARQUIA. (MESMO QUE NÃO SEJA CLIENTE TMN)

Obrigado,
Gonçalo Magalhães

Gonçalo Magalhães
Gestor de Cliente
DDP/APL3 – Direcção de Clientes Sector Público
tlf: 215000051
tlm: 
965820224
e-mail: 
goncalo.s.magalhaes@telecom.pt

A primeira coisa que pensei quando vi isto foi: hoax. E bem pensado, bem certo: bastou uma rápida pesquisa em motores de busca para perceber que as minhas suspeitas eram justificadas.

Desconfiei porque:
› não se conseguem copiar contactos através de uma simples chamada
› muito menos informações bancárias ou de crédito
› há realmente chamadas extra-caras, mas tão EXTRA nunca tinha ouvido falar
› o email da TMN não estava identificado, tinha sido reencaminhado por uma suposta autarquia
› Gonçalo Magalhães: Gestor de Cliente – só tem 1 cliente?

Imagino que muita gente acredite porque:
› é a TMN, uma grande e credível empresa, a suposta fonte da informação
› foi reencaminhado por uma “autarquia”
› dá os detalhes da pessoa que enviou, juntamente com os seus contactos
› “mais vale prevenir que remediar”

Pois é, mas não vale:

Este tipo de mensagens tem por finalidade levar os menos informados a distribuir o e-mail pelo maior número de utilizadores, com a finalidade de entupir os servidores de e-mail. Podem ser mensagens ou posts para supostamente atestarem ou simplesmente polemizar sobre algo que sejam contra ou que tenham antipatia a alguma coisa ou a alguém.

Também este tipo de mensagens pode ser utilizado por alguém mal intencionado que, se aproveite dos endereços de e-mails assim obtidos por esta via, para construir uma base de dados, para posterior venda ou envio de SPAM. Hoaxes comuns são sobre o do fim do Orkut, o MSN Messenger tornar-se pago, como reativar uma cópia do Windows, fim da Internet, etc… Esses Hoaxes são criados basicamente para “chamarem atenção”, e seu alvo são os usuários básicos.

Fonte: wikipédia

The Lie Detector


Yesterday I found myself watching random videos / related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with related with the original source in Youtube, and found this one quite amusing, from Jimmy Kimmel’s show.

A child is put into a “lie detector” device (which is no less than a pan with lights turned upside down, and a pair of springs), and questioned by a police detective in presence of the Truth Fairy. Obviously, the children, being naïve, believed in the scenario and started manipulating their answers according to the device’s reaction. If it beeped (meaning they were lying) they would immediately change their answer, and say the opposite.

Child #1 in my opinion, gives the funniest answers.
Child #2 apparently really was in the moon, according to “the lie detector”.

Landover Baptist Church

Landover Baptist Church

Estava ainda à pouco a ler uma série de comentários num fórum, com o nome Portuguese people, lazy, rude, ugly, drug selling catlics, em que se descreviam os portugueses como um povo rude, de mulheres com bigode, sem língua própria (todos falamos um mau espanhol porque, basicamente, passamos todo o tempo bêbados), preguiçoso e igual aos mexicanos. Li os comentários do início ao fim, num sentimento misto de espanto, entretenimento (derivado do espanto, e de tanta estupidez pegada) e de que tudo aquilo era para lá de ridículo. Mas, sabendo que há pessoas para tudo, e sendo os conservadores americanos uma espécie um tanto estranha e desconhecida para mim, acreditei.

Felizmente, acontece que a referida igreja é falsa, situada num local falso,
e o site/fórum mais não é que uma sátira ao cristianismo fundamentalista
e à direita religiosa nos Estados Unidos. A Wikipédia desmistifica.

Aconselha-se a leitura, ao menos dá para rir um bocado, mesmo sabendo que
é tudo falso (mas suspeito que algumas das pessoas que comentaram, indignadas, não o soubessem).

Site da Landover Baptist Church [inglês]
Artigo na Wikipédia [inglês]

O cúmulo do ideal de beleza

O cúmulo do ideal de beleza é tentar tornar uma imagem tão perfeita que ela acaba por se tornar precisamente o contrário. Eu, como muita gente, ganhei o hábito de, sempre que tiro uma fotografia, e antes de a utilizar, a editar no Photoshop, para retirar imperfeições, corrigir cores, etc… Mas confesso que duplicar axilas nunca foi muito a minha cena, ao contrário do que se pode ver nesta imagem de Karlie Kloss, e do fotógrafo Mário Testino.

Sempre me fez alguma confusão o facto de os manequins e afins serem vistos como objectos, e passarem uma imagem de perfeição inalcançável pelo comum mortal. Mas, ora, com Photoshop também eu. Fazer batota não vale… E depois é assim que temos casos extremos de pessoas que fazem [hipoteticamente] 500 cirurgias para se parecerem com Kens e Barbies, com disturbios alimentares graves (como anorexia e bulimia), e psicológicos nem se fala.

É recorrente marcas de cosméticos processarem-se umas às outras por publicidade enganosa. A última que li era de uma publicidade a um rímel, em que a manequim tinha pestanas falsas. A concorrente dessa marca (penso que a L’Óreal) processou-a, alegando que com o dito rímel não se adquiriria pestanas tão longas. O resultado foi a proibição do anúncio no Reino Unido.

Na minha opinião, deveria haver uma legislação que restringisse a manipulação das fotografias de moda e cosméticos. E nada de letras pequenas em baixo a dizer “imagens meramente ilustrativas”, porque nisso ninguém repara, e ninguém lê (experiência de quem trabalha no atendimento ao público à 5 anos: se não estiver escarrapachado, as pessoas por e simplesmente não reparam. E mesmo quando está, a mensagem tem de ser bastante simples e directa – a modinha de utilizar termos estrangeiros só vem dificultar a coisa a pessoas menos literadas).

Se está numa revista credível, é porque é verdade?

Artigo no público de hoje: Cientistas cépticos quanto a estudo que associa transgénicos ao cancro

Muitos cientistas torcem porém o nariz ao estudo, apesar de ter sido publicado numa revista científica conceituada – a Food and Chemical Toxicology.

Será que o milho transgénico provoca o cancro? Um estudo com a duração de dois anos, e com experiências em ratos de laboratório, é agora tornado público.
Um grupo de ratos com alimentação normal vs. outro com transgénicos.
Os segundos desenvolveram cancro em maiores percentagens que os primeiros. As reacções divergem. Se, por um lado, as organizações contra os transgénicos aplaudem o estudo, muitos cientistas questionam a sua credibilidade pelo modo como foi desenvolvido, argumentando que o facto de ter sido publicado numa revista conceituada não o torna mais credível. Pois se os ratos já têm uma propensão para desenvolver cancro, se além do milho transgénico também consumiam água com herbicida, como saber realmente até que ponto o consumo de transgénicos contribuiu para o desenvolvimento do cancro?

É daqueles casos em que eu penso: cada parte está a querer vender o seu peixe. As organizações anti-transgénicos dizem que é credível, porque lhes convém.
Os pró-transgénicos refutam o estudo. E os cientistas? Não sei de que lado estão, mas gostava de saber. Território neutro? Não sei. Mas duvido muito.

September 15 – Lisbon

The people is sick of lies.
And got out to the street.

Facebook hoaxes

I just can’t understand how people keep believing in these “warnings” from Facebook. Today several of my Facebook friends posted about the privacy settings, telling companies they wouldn’t authorize the publication of their data. Yesterday it was about changing the privacy settings (again) of the information we share with users that aren’t our “friends”. Fake, fake, fake. And useless.

Hey, I know Facebook can be tricky, but if you try checking things out before believing in what you’re told, you might realize it’s a complete fake.

Here’s a list of the most known Facebook Hoaxes and “Time Wasting Exercises”.